Jyrobike: bicicleta com auto-regulação de equilíbrio. Perfeita para pessoas com deficiência!

11
8953

 

Pense na maravilha que é aprender a andar de bicicleta sabendo que a tecnologia está bem ali na roda e vai estabilizar o ciclista. Como nada até então criado, surge a Jyrobike, cujo funcionamento hightec é baseado na ciência muito bem conhecida do giroscópio (sua propriedade: opõe-se a qualquer tentativa de mudar sua direção original). 

Quando as pessoas veem a bicicleta pela primeira vez acham que é mágica! Você empurra e ela sai andando sem cair. Na roda dianteira da Jyrobike existe um controle único, que é capaz de gerar uma força de estabilização que resiste a força de tombar da gravidade.  Uau!!

jyrobike-self-balancing-bicycle-2 ExplodedHub-embed

Além do mais, aos poucos você pode reduzir essas “configurações de equilíbrio”  à medida que o ciclista vai se sentindo mais confiante, assim o sistema faz menos e o “piloto” faz mais, até que seja desligado. Ah, e isso pode ser feito por meio de um controle remoto wireless.

Jyrobike-5

Todas as crianças querem aprender a pedalar, querem andar de bicicleta. No entanto, o processo de aprendizagem gera receio e nem sempre é o mesmo para todo mundo. Crianças com autismo, por exemplo, podem ter dificuldades. Veja este relato de Lisa Quinones-Fontanez do blog “Atypical Familia”:

Andar de bicicleta não foi fácil para o meu filho, Norrin. Depois que ele foi diagnosticado com autismo, aprendemos que ele não tem a força ou a coordenação necessárias para pedalar. Durante anos temos trabalhado com terapeutas tentando melhorar a força muscular e o equilíbrio de Norrin  Nós compramos triciclos e até scooters – esperando que Norrin fosse capaz de dominar algum deles e depois pedalar. E assim Norrin aprendeu a pedalar, mas ele ainda não tinha o foco, cansava facilmente e tinha dificuldade em manter o equilíbrio.

Na primavera passada, compramos Norrin sua primeira bicicleta. E quando ele mostrou interesse, mesmo com as rodinhas ele ainda teve problemas com equilíbrio e dificuldade ao pedalar. Agora a bicicleta é muito pequena para ele e estamos querendo saber se devemos ou não comprar outra, já com receio de possíveis dificuldades e frustrações. Norrin ainda vai precisar de rodinhas e pode levar anos até que ele aprenda a se equilibrar de forma independente.

Foi quando eu ouvi sobre a Jyrobike! É a solução ideal para as crianças como o minha. A Jyrobike foi feita com o princípio central que as bicicletas se tornam inerentemente estáveis em velocidades mais altas, pois quanto mais rápido as rodas giram, ficam mais equilibradas.

Com relatos como este, percebemos que a Jyrobike pode eliminar a ansiedade e frustração – de quem quer pedalar e da família –  e torna mais rápida a sensação de capacidade que vem com o “eu estou fazendo isso!”.

Assim, além de ser muito legal para qualquer criança, tem o potencial inspirador para ajudar as crianças e adultos com deficiência que nunca aprenderam a pedalar. A Jyrobike oferece a possibilidade para qualquer pessoa andar de bicicleta de forma segura e relaxada.

O site para vendas é esse: http://www.jyrobike.com e abaixo vocês veem o vídeo sobre essa fantástica bicicleta! <3

 

Sou terapeuta ocupacional de formação, comunicadora por dom e experiência ao longo dos 10 anos frente ao reab.me; empresária que aposta na produção de produtos e conteúdos significativos e com propósito para ajudar as pessoas que precisam dos cuidado da reabilitação. Editora-chefe do Reab.me. Terapeuta Ocupacional (UFPE) com especialização em Tecnologia Assistiva (UNICAP). Mestre em Design (UFPE). Sou autora de 4 livros de exercícios para estimulação cognitiva que servem como material de apoio em contextos terapêuticos que visam a manutenção ou melhora de disfunções cognitivas. Sendo eles: - 50 exercícios para estimulação cognitiva: o cotidiano em evidência; - 50 exercícios para estimulação cognitiva: a culinária em evidência; - 50 exercícios para estimulação cognitiva: a família em evidência; - 50 exercícios para estimulação cognitiva de crianças com dificuldades de aprendizagem. No mais, sou Ana, esposa de Fábio, mãe de Olga e Inácio. Praticante de meditação e yoga.

11 COMENTÁRIOS

  1. Por que as últimas notícias desse invento magnífico pararam 5 anos atrás? Não desenvolveram ainda para bicicletas para adultos? Fui informado de uma da Google que é até autônoma comandada por smartphone para se dirigir sozinha controlada por câmaras e por satélites (Google maps)

Deixe uma resposta para Joyce Pereira Cancelar resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.