Guia de Sobrevivência para o Transtorno do Déficit de Atenção: dica de livro! 

3
6330

Falo como pessoa com TDAH e como leitora cansada do discurso “essa doença é apenas uma invenção para que grandes laboratórios vendam remédios” ou pior “isso é apenas uma desculpa para crianças preguiçosas que os pais não souberam educar“. No meio da dicotomia da existência ou não do TDAH ficamos nós, que temos a condição, pais e familiares perdidos e precisando de ajuda, porque por mais que eles não acreditem e questionem essas siglas, os sintomas existem e causam sérios problemas no nosso cotidiano.

Nesse contexto me deparo com o exemplar do livro enviado para o Reab.me: “GUIA DE SOBREVIVÊNCIA PARA O TRANSTORNO DE DÉFICIT DE ATENÇÃO E HIPERATIVIDADE. Fui logo correndo para ler e finalmente me surpreendi com um livro sobre o tema.

As autoras deixam essa dicotomia de lado e falam sobre o transtorno e as dificuldades cognitivas frequentemente encontradas de uma maneira leve e até divertida, com muito carinho e preocupação em levar mais conhecimento para portadores, familiares e profissionais que convivem com desafios decorrentes do TDAH. A sensação que tive durante a leitura é que estava diante delas tendo uma conversa agradável sobre um tema que limita (muito) a minha vida e recebendo orientações e ferramentas para lidar com esses problemas.

Deixando para o final o que mais me encantou no livro: os exercícios e diretrizes propostas para o leitor. Elas dão dicas de como os pais devem lidar com o filho portador de TDAH, propondo organizações de rotina e até mesmo comportamentos que os pais podem assumir para lidar melhor com o cotidiano do seu filho.

Também encontramos dicas muito legais para crianças e adolescentes, um pedacinho do livro dedicado para eles, explicando da forma mais simples possível o transtorno e propondo algumas atividades lúdicas com o objetivo de estimular as funções cognitivas. E nós adultos (para a minha alegria) não somos esquecidos e temos uma série de atividades propostas e dicas para facilitar nosso cotidiano.

Em resumo, as autoras fizeram um excelente trabalho no livro, conseguiram reunir muitas informações e propostas de atividades para um público alvo amplo e carente de livros como este. Parabéns às autoras, nós do Reab.me aprovamos e adoramos a leitura!

Agradecemos a Camila Luisi, uma das autoras, que carinhosamente enviou o livro para nossa apreciação =)

Abaixo deixamos os dados do livro para vocês, com a sinopse e o link para a loja:

Guia de sobrevivência para o Transtorno do Déficit de Atenção e Hiperatividade| Autora: Camila Luisi Rodrigues; Mayra Helena Bonifácio Gaiato | Editora: Casa do Psicólogo, 2014.

Sinopse: “Ele parece estar no mundo da lua… Será que essa distração é normal? Ele é muito agitado… Será que é hiperativo? Atualmente, muitas pessoas chegam ao consultório com essas perguntas. Como saber até que ponto tais características são consideradas normais ou patológicas? Além disso, como saber se é necessário buscar tratamento? Neste livro são apresentadas orientações sobre o tema de maneira lúdica, com o objetivo de atingir o maior número possível de pessoas, em especial crianças e adolescentes que são diagnosticados com Transtorno do Déficit de Atenção e Hiperatividade, o famoso TDAH. O primeiro passo quando se detecta uma dificuldade é saber exatamente do que estamos falando e ter em mente que existem maneiras de reduzi-la, ou seja, tratá-la. Dessa forma, esta leitura é dirigida a todos aqueles que buscam entender melhor o TDAH, assim como treinar as funções cognitivas que muitas vezes estão descritas como deficitárias nesse quadro: a atenção e as funções executivas.

Quer saber mais sobre o TDAH? Leia mais aqui no Reab.me:

– Jovens com TDAH mostram conexões cerebrais interrompidas

– Terapia Ocupacional em crianças com TDAH

– Pesquisa mostra relação de acidentes de trânsito e TDAH

– Cristal, a Fadinha Desatenta: livro para crianças sobre TDAH

Conheça os Cadernos de Exercício do REAB.ME!

cadernos

 

3 COMENTÁRIOS

  1. Olá, li a sinopse e me pareceu um leitura bem esclarecedora.
    Marco três amigos: Larize Villarroel, Cida Heloisa e Ingrid Lauria.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.