Go sequencing: aplicativo para habilidades de linguagem e sequência desenvolvido por fonoaudióloga

0
5467

A fonoaudióloga Bárbara Fernandes da Smarty Ears desenvolveu um aplicativo pensando em seus colegas da reabilitação, fonoaudiólogos e terapeutas ocupacionais. Dentre os objetivos do app está a habilidade de sequência, leitura e interpretação de texto que são trabalhadas ao longo de 13 níveis com graus de dificuldade diferentes.

Go Sequencing é uma forma atraente para desenvolver linguagem e os passos necessários para completar atividades diárias em situações do mundo real.

Aprender a sequenciar é fundamental para o desenvolvimento de habilidades de leitura e de narrativa, bem como a linguagem cotidiana (Spivey, 2008). Go Sequencing foi criado por um fonoaudióloga certificada e licenciada pela Associação Americana de Fonoaudiologia, desenvolvida pela Smarty Ears Apps, e projetado para auxiliar na terapia fonoaudiológica ou terapia ocupacional.

Projetado para ser jogado com um ou até cinco jogadores, Go Sequencing é perfeito para a terapia de grupo pequeno ou individual. Além disso, Go Sequencing permite que cada jogador trabalhe no seu nível dentro do grupo. Esta capacidade multi-nível incentiva cada jogador à aprender as habilidades fundamentais necessárias para melhorar a compreensão da linguagem, a narrativa, e compreensão de leitura (Moss, 2005).

Recebemos o convite para conhecer o app e fizemos um vídeo para a TV Reab mostrando algumas funcionalidades:

O aplicativo está disponível para iPad e está disponível no iTunes (clica aqui).

 

Sou terapeuta ocupacional de formação, comunicadora por dom e experiência ao longo dos 10 anos frente ao reab.me; empresária que aposta na produção de produtos e conteúdos significativos e com propósito para ajudar as pessoas que precisam dos cuidado da reabilitação. Editora-chefe do Reab.me. Terapeuta Ocupacional (UFPE) com especialização em Tecnologia Assistiva (UNICAP). Mestre em Design (UFPE). Sou autora de 4 livros de exercícios para estimulação cognitiva que servem como material de apoio em contextos terapêuticos que visam a manutenção ou melhora de disfunções cognitivas. Sendo eles: - 50 exercícios para estimulação cognitiva: o cotidiano em evidência; - 50 exercícios para estimulação cognitiva: a culinária em evidência; - 50 exercícios para estimulação cognitiva: a família em evidência; - 50 exercícios para estimulação cognitiva de crianças com dificuldades de aprendizagem. No mais, sou Ana, esposa de Fábio, mãe de Olga e Inácio. Praticante de meditação e yoga.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.