Esqueça a bengala! Conheça tecnologia vestível que é o futuro para pessoas com deficiência visual

2
4965
live
Mini Live Braille (Imagem: divulgação)

Live Braille é o nome da tecnologia assistiva vestível que pretende substituir as bengalas na função de auxiliar as pessoas cegas na locomoção pelos ambientes, alertando os usuários quanto à presença de obstáculos.

Desenvolvido por uma startup indiana, o Live Braille é usado como um anel em um dedo e detecta objetos e obstáculos ao seu redor e fornece feedback tátil e de áudio, indicando a direção, distância e textura do objeto à frente.

A versão mini do Live Braille pesa apenas 29 gramas, e é tão leve que quase não é sentida na mão do utilizador. Carregado via USB sua bateria pode durar até 6 horas de uso contínuo. Há também uma versão mini E, que vem em três variações diferentes. Mini E tem armazenamento interno que pode conter livros de áudio e arquivos, e também tem um rádio FM incorporado. Mini E também pode detectar obstáculos dentro 4,5 metros de longo alcance enquanto que a versão Mini vai até 3,5 metros. Ambas as versões do Live Braille estarão disponíveis para todo o mundo a partir do dia 01 de julho de 2016. Os preços variam de US $ 299 – $ 699.

Confira o vídeo acima para conhecer mais sobre o Live Braille, tudo explicado pelo idealizador do produto Abhinav Verma. Este vídeo também apresenta um usuário cego que usa há 1 ano o Live Braille. A entrevista com ele está em Hindi, mas basicamente o garoto sugere que gosta do Live Braille em sua maior parte. Ele explica um pouco sobre como funciona a tecnologia de detecção ultra-sônica que traduz as informações captadas em vibrações, que são mais lentas quando o objeto está mais longe e fica mais rápida quando o objeto está mais próximo.

Segundo Verma, “Leva cerca de 30 minutos para uma pessoa com deficiência visual aprender os padrões de feedback tátil; leva pouco tempo para treinar o usuário.”

O dispositivo é compacto e resistente, a única fragilidade é que ainda não é à prova de água, isto porque funciona com os princípios do som, e se selado para impermeabilização, pode interferir com a funcionalidade principal do dispositivo.

Em termos de vida útil da bateria, a Vivo Braille Mini pode durar até 4 horas, dando um feedback de alarme durante 2 minutos antes de desligar. Ele usa uma porta micro USB para carregamento, que serão atualizados para uma porta USB tipo C em breve.

Para saber mais e adquirir: http://www.livebraille.com

FONTEdigit.in
Sou terapeuta ocupacional de formação, comunicadora por dom e experiência ao longo dos 10 anos frente ao reab.me; empresária que aposta na produção de produtos e conteúdos significativos e com propósito para ajudar as pessoas que precisam dos cuidado da reabilitação. Editora-chefe do Reab.me. Terapeuta Ocupacional (UFPE) com especialização em Tecnologia Assistiva (UNICAP). Mestre em Design (UFPE). Sou autora de 4 livros de exercícios para estimulação cognitiva que servem como material de apoio em contextos terapêuticos que visam a manutenção ou melhora de disfunções cognitivas. Sendo eles: - 50 exercícios para estimulação cognitiva: o cotidiano em evidência; - 50 exercícios para estimulação cognitiva: a culinária em evidência; - 50 exercícios para estimulação cognitiva: a família em evidência; - 50 exercícios para estimulação cognitiva de crianças com dificuldades de aprendizagem. No mais, sou Ana, esposa de Fábio, mãe de Olga e Inácio. Praticante de meditação e yoga.

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.