Dificuldade ou transtorno de aprendizagem?

2
1205

Você já teve alguma dificuldade para APRENDER? Seja para guardar uma história ou fazer um cálculo mental, quem sabe até escrever um texto com organização e pontuação.

As dificuldades de aprendizagem muitas vezes estão associadas a processos acadêmicos e no qual não conseguimos desempenhar bem uma atividade. Ela pode ocorrer diante de diversos fatores e para começar a entender o que acontece com uma criança que sente tais dificuldades, temos que estar cientes de uma coisa: DIFICULDADE DE APRENDIZAGEM NÃO É TRANSTORNO DE APRENDIZAGEM. 

E qual a diferença?

As DIFICULDADES DE APRENDIZAGEM fazem parte deum grupo de fatores que se manifestam em dificuldades cognitivas, emocionais e sociais. Muitas vezes, esses três pontos estão interligados, fazendo a criança sentir as dificuldades em diversas áreas que expressam o aprender. 

Há pouco tempo recebi uma criança no consultório que dizia:  EU ODEIO MATEMÁTICA, NUNCA VOU APRENDER TUDO QUE A PROFESSORA ENSINA. Pronto, esse já pode ser um grande motivo para se instalar uma dificuldade de aprendizagem, já que nesse momento a disponibilidade para aprender está bloqueada e com isso um ciclo começa a se mover. 

Inicialmente, aquela resistência que parecia algo tão bobo, começa a influenciar os aspectos emocionais e aí vem a negação da aprendizagem e como consequência as defasagens neste processo.

Esse daí é um dos grandes entraves da aprendizagem para as crianças, o vínculo com o que aprendem. No entanto há também Dificuldades de aprendizagem geradas por falta de estímulos, ambientes que não valorizam a construção do aprender, adaptação ao método escolar e problemas relacionados ao ensino no nosso País. 

Já o TRANSTORNO DE APRENDIZAGEM tem relação com fatores orgânicos e neste contexto os problemas com a aprendizagem derivam de alguma estrutura cerebral que apresenta deficiência em seu funcionamento. 

É preciso lembrar que a história pregressa, incluindo problemas gestacionais, atrasos nos marcos do desenvolvimento, histórico familiar e sinais de dificuldades desde os primeiros contatos com o ambiente acadêmico, sinalizam alterações para tais distúrbios.

Dentre os Transtornos de aprendizagens mais comuns, encontramos o Transtorno e Déficit de Atenção e Hiperatividade, Dislexia, Discalculia e a Desordem de Processamento Auditivo Central.

Observar dificuldades neste caminhar O QUANTO MAIS CEDO, significa reestabelecer as falhas nas estruturas em defasagem, dando a criança maiores possibilidades de aprendizagem e garantias de que ela poderá VENCER seus obstáculos 

Para isso, faz-se necessário a avaliação de uma EQUIPE DE PROFISSIONAIS envolvidos com saúde e educação, a fim de investigar a origem das dificuldades, assim como eliminar outras alterações do neurodesenvolvimento.

2 COMENTÁRIOS

  1. Muito bom saber o porque dessa dificuldade que o aluno tem na escola. Trabalho na sala multifuncional e vejo muito esse problema que o aluno tem na aprendizagem, mesmo assim, estamos tentando de uma forma ou de outro chegar a um resultado positivo, se Deus quiser chegaremos lá.

DEIXE UMA RESPOSTA