Criando monstros enquanto estimula leitura e a criatividade!

1
1583

Recebemos com muito carinho e entusiasmo um material que pode render muita diversão e  estimulação de habilidades como leitura, interpretação de texto e criatividade, o imagine-me!

O imagine-me possui 36 cartas de personagem, 1 carta com instruções, 1 carta especial de introdução.

Embora tenha sido pensado para crianças que já sabem ler, aquelas que ainda não sabem também podem participar com uma “ajudinha” dos pais, parentes, amigos, professor ou terapeuta. Como o imagine-me consiste em criar o personagem baseado no texto das cartas, adultos também podem jogar e se divertir muito enquanto “provocam seu eu criativo”.

Você vai encontrar três tipos de cartas: cabeça, corpo e pernas. Cada tipo estará sinalizado com uma cor. O jogador pega uma carta de cada categoria e vai criar um personagem único. Pode-se criar desenhando ou de qualquer outra forma, como com massa de modelar ou até, quem sabe, com objetos! (Essa última opção pode ser divertida também! Já pensou, sair procurando objetos que juntos pareçam com a descrição da carta?).

Com o personagem criado, pode-se criar histórias. Quem sabe algumas palavras dessa história não são dadas pelo adulto, dando a oportunidade da criança aprender novas palavras e expandir o vocabulário. Isso pode acontecer na própria leitura das cartas, na fase anterior de criar o personagem!

imagine

 

Percebam que tudo aqui é “analógico” e extremamente divertido. Não se entrega nada pronto ao jogador e tudo vai depender da criatividade dele!

Em contextos terapêuticos, o imagine-me pode ser um recurso para o desenvolvimento das habilidades que o jogo incentiva, além de poder contar com o grafismo da criança. Estimulando a coordenação, a preensão do lápis e a força envolvida na tarefa de desenhar. A depender a dinâmica de uso ainda pode ser trabalhado em grupo, estimulando também a socialização.

Para ter o seu: www.imagineme.com.br

Deixamos um vídeo que mostra como o imagine-me funciona! É só dar play! =)

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA