Como melhorar a vida da pessoa com demência e da sua família?

0
284

Falar do que pode facilitar e ajudar para melhorar a vida da pessoa com demência é uma necessidade e tanto! Ao mergulhar em artigos que se propõem a falar da evidência e validade de intervenções para facilitar o funcionamento em casa, encontramos:

1. Programas de exercícios e atividades personalizadas. Fique claro que é necessário entender quem é a pessoa com demência, sua história anterior a doença e também o perfil funcional atual (o que ele é capaz de fazer nesse momento da doença); conhecer quem é o idoso ajuda a dar encontrar os exercícios, atividades e até os argumentos para favorecer o envolvimento. Importante: conversar com a equipe que atende o idoso é fundamental, por mais que o cuidador conheça o idoso, existem questões técnicas que podem ser decisivas até para a segurança dele na realização das atividades.

(Inspire-se! Leia: Lista de atividades para pessoas com Alzheimer e outras deficiências cognitivas).

2. Reabilitação Cognitiva. O principal a ser percebido diante desta recomendação é que existem estratégias próprias da reabilitação que podem “compensar” as perdas cognitivas do idoso com demência e fazer com que ele participe da doença ou de parte dela; ou seja, as tarefas, a forma de conduzi-las podem ser adaptadas ao nível da doença que ele está hoje. Lembrando que o profissional de Terapia Ocupacional pode e deve fazer uma análise de cada ocupação e propor uma “solução” diante desta realidade.

3. Adaptações ambientais. As adaptações de ambiente podem ser em todos os “níveis”, não se “resume” ao acesso físico, arquitetônico, da casa do idoso, mas existem modificações que consideram outras variáveis, como a posição de mobiliários, a presença de objetos e até sinalizações visuais que podem ajudar. Aqui mais uma vez é necessário ir além e pesquisas de internet, é necessário um apoio profissional que guiará a personalização dessas modificações.

Você tem algo a falar sobre isso? Tem algo a perguntar? Trocando ideias, comentários e informação a gente vai cuidando melhor!

#reabme #reabmeidoso #saúdedoidoso #atividadesparaidosos #gerontologia

Sou terapeuta ocupacional de formação, comunicadora por dom e experiência ao longo dos 10 anos frente ao reab.me; empresária que aposta na produção de produtos e conteúdos significativos e com propósito para ajudar as pessoas que precisam dos cuidado da reabilitação. Editora-chefe do Reab.me. Terapeuta Ocupacional (UFPE) com especialização em Tecnologia Assistiva (UNICAP). Mestre em Design (UFPE). Sou autora de 4 livros de exercícios para estimulação cognitiva que servem como material de apoio em contextos terapêuticos que visam a manutenção ou melhora de disfunções cognitivas. Sendo eles: - 50 exercícios para estimulação cognitiva: o cotidiano em evidência; - 50 exercícios para estimulação cognitiva: a culinária em evidência; - 50 exercícios para estimulação cognitiva: a família em evidência; - 50 exercícios para estimulação cognitiva de crianças com dificuldades de aprendizagem. No mais, sou Ana, esposa de Fábio, mãe de Olga e Inácio. Praticante de meditação e yoga.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.