Atividades adaptadas para alunos com deficiência intelectual #janeiroreab

69
8398

Gente, esse texto faz parte do nosso #janeiroreab e é mais uma participação dos leitores! Desta vez, um professora capacitada neste universo das adaptações e da educação especial, veio dividir conosco umas ideias!! Obg, Fabiana!! Abaixo vocês encontram o as informações completas (título, texto e imagens enviadas para nós!). =) 

Atividades a partir de propostas de adaptação e adequação curricular- alunos com deficiência intelectual incluídos na rede comum de Ensino e atividades meio para desenvolvimento de habilidades relacionadas à habilidades escolares

Trabalho principalmente com alunos que apresentam deficiência intelectual e déficit de aprendizagem  e se encontram matriculados na rede comum de ensino em duas situações : uma em atendimentos de sala de recursos e outra em atendimentos de Psicopedagogia  -Educação Especializada.

Mediante as situações oferecidas em sala de aula, para que o conteúdo torne-se mais claro e acessível há a necessidade de alguns ajustes para favorecer a compreensão e apreensão do assunto trazido, favorecendo a formação da imagem mental tão necessária para alunos com deficiência intelectual. Assim o uso da comunicação alternativa torna-se excelente ferramenta para viabilizar este acesso e compreensão das atividades, bem como das preferências e escolhas por determinados temas ou personagens, principalmente quando trabalhamos com alunos que apresentam TEA (Autismo).

Envio assim algumas experiências realizadas em intervenções:

-Atividade 1: Proposta do professor  da rede comum-acrescentar a letra “H” nas palavras para ver nova formação

Nesta atividade o aluno atendido ainda apresenta-se em nível de escrita silábico alfabético e se beneficiou deste ajuste na atividade, que seria apenas de escrita à alunos que encontram-se em nível mais avançado. Pela defasagem cognitiva, a mera substituição não faria sentido, nesse caso foi oferecido repertório de imagem visual para compreensão do significado da nova palavra.

Captura de Tela 2015-01-12 às 10.02.03

– Atividade 2: Adequação de parlendas

Nesta situação a apresentação da parlenda através da comunicação alternativa favoreceu a compreensão da frase e possibilitou a memorização, aspectos de leitura intuitiva, sequência e ordenação, ampliando sucesso na escrita via memória, requisito exigido na série cursada pelo aluno.

Captura de Tela 2015-01-12 às 10.04.17

– Atividade 3: Brincando para resolver operações

Esta atividade torna-se mais interessante com o ajuste de uma brincadeira antiga usada pelas meninas na escola. Modifica a resolução simples das operações, que era complicada para o nível de aprendizagem da aluna, onde a partir do emprego de cores nas operações a atividade se ajusta na busca da respectivas cores, no convite à resolução com apoio concreto da operação e finaliza com a confirmação da resposta da operação  acompanhada da resposta por extenso a completar a cruzadinha, estimulando assim a leitura e ajuste justificado da escrita.

Captura de Tela 2015-01-12 às 10.06.00

Atividade 4: Formação de palavras

A proposta pode ser a partir de formação aleatória como no caso do boliche, onde as peças que caem através do lance da bola são registradas para obter a formação da palavra ou o caso de atividade dirigida estimular o cumprimento da tarefa de casa que propõe junção de silabas para tal formação, viabilizando-as através do desfile das “Pollys” , brinquedo de interesse da criança atendida.

Captura de Tela 2015-01-12 às 10.07.52 Captura de Tela 2015-01-12 às 10.08.00

Estratégias diversas :

– Use brinquedo para incentivar a leitura, associação de palavras x objetos e a categorização;

– Use fita crepe, tintas e carrinhos, carimbos e massinha para estimular coordenação viso-motora, aprimorar habilidades de preensão ;

– Geoplano para desenvolver aspectos de percepção, elaboração, espaço, formas e medidas, reprodução de imagens;

-Objetos do interesse e de coleções da criança para categorização, classificação, agrupamento, ordenação, noções de conjunto e quantidade;

– Objetos reais e do cotidiano para desenvolver percepções e compreensão de medidas e suas variações de forma significatica, valorizando os registros através de desenho para depois atribuir significado numérico;

– Encartes de revistas para criar quebra cabeças e possibilitar percepções de posições no espaço;

– Personagens do interesse para que a criança desenhe e construa seu silabário e jogos temáticos favorecendo a alfabetização;

-Pastas com plástico, atividades em sulfite envoltas em papel contact  e canetão de lousa branca para riscar,brincar e apagar para uso com outras situações e crianças.

Captura de Tela 2015-01-12 às 10.10.02

Por:  Fabiana Squarizzi Alves- Professora Especialista em Educação Especial , Psicopedagoga em atendimento voltado à assessoria inclusiva,adaptação e flexibilização curricular , Professora do curso de Pedagogia FECGS na disciplina de didática,estratégias e recursos da aprendizagem de alunos com Necessidades Especiais. alvesquarizzi@live.com

 

COMPARTILHAR
Editora-chefe do Reab.me. Terapeuta Ocupacional (UFPE). Especialista em Tecnologia Assistiva (UNICAP). Mestre em Design e Ergonomia (UFPE). Consultora em Tecnologia para Reabilitação.

69 COMENTÁRIOS

    • Oi Isabel, nossos posts estão abertos para quem queira usá-los. Não estamos preparados para esse tipo de demanda de enviar os textos e imagens na íntegra, entende? Mas os posts estarão sempre por aqui e abertos a todo mundo. =)

  1. ótimas dicas obrigada por postar este trabalho maravilhoso, tb trabalho com alunos especiais e sei como é bom levar novidades para sala…

  2. Gostei muito do site , estou no 3º semestre de psicologia e estou estagiando com adolescentes com deficiência intelectual , o planejamento do mês é alimentação gostaria de saber se alguém tem conhecimento de atividades que possam ser trabalhadas, porque estou um pouco “perdido”.

  3. Olá!
    Gostei muito das dicas. Trabalho como estagiário em uma Escola Municipal de São Paulo e acompanho dois alunos de inclusão, ambos diagnosticados. Como devo proceder diante de tais casos?

    • Olá Arnaldo,

      Cada caso possui suas particularidades e a intervenção terá como base a especificidade. Sugerimos que você direcione as atividades para as particularidades deles. Temos um grande acervo que pode ser muito util para o seu estágio! É só ir no campo ¨busca” e procurar o que você deseja.

      Grande abraço.

  4. Olá, gostei muito do seu trabalho e gostaria de receber por email textos de apoio para trabalhar com meus alunos da sala de recursos. Obrigada Claudia

    • Olá Claudia,

      Temos um acervo enorme de materiais que podem ser localizados através do campo ¨busca¨, dessa forma você pode filtrar o conteúdo de interesse, público alvo e etc.

      Um grande abraço.

  5. Sou coordenadora pedagógica, achei muito boa as atividades, para as crianças mas preciso de atividades, para alunos com deficiências intelectuais
    Só que meus alunos são do ¨6º ao 3º ano do ensino Medio.
    os professores tem muita dificuldade para elaborar, as atividades para eles.
    as provas adaptadas são com o mesmo conteúdo, e só diminui quantidade de questões, e o tempo que é maior, acho que não é por ai, pois cada um tem a sua especificidade e suas particularidades .

    • Olá Luciene, dá uma olhada na nossa categoria de atividades e recursos terapêuticos. Você deve encontrar algo que se encaixe dentro do que vc procura. Boa sorte!

  6. Gostaria de receber os textos sobre adaptação e flexibilização de currículo para alunos com autismo e Deficiência Intelectual. Adorei o seu trabalho e atividades propostas e postadas. Parabéns

  7. Oi, tenho um aluno muito querido, hj no 7º ano, mas com sérias dificuldades de fala e de escrita. Sou professora de Português e leitura, gostaria de fazer algo por ele. O que me aconselha?? Poderia me passar algumas atividades???

  8. Esqueci de dizer, que o garoto citado não tem nenhum tipo de laudo, mas suas dificuldades são em alto nível. Troca as letras, juntas as palavras…Por favor, ajude-me a ajudá-lo.

  9. primeira vez que trabalho com educação inclusiva,como fazer um acompanhamento do trabalho diário ou semanal desses alunos? mande um modelo de formulário p mim, por favor. obrigada .

    • Olá Elizabeth, você pode entrar em contato com Fabiana Squarizzi Alves- Professora Especialista em Educação Especial (alvesquarizzi@live.com), quem propôs essas atividades.

  10. Hum gostei das atividades são muito boa por favor estou com problema em trabalhar com meus alunos a questão são 6 tudo misturado queria dividi-lo em 2 turnos
    me respondam quantos alunos são necessário para que a turma seja dividida/ me ajudem por favor

  11. Olá,sou professora de geografia e é a primeira vez que trabalho com alunos de 6ºano com deficiência intelectual .Estou perdida pois não sei adaptar os conteúdos todos sabem ler e escrever mas com muita dificuldade .Por favor se tiver atividades por favor envie para meu email .

  12. Boa noite eu sou Janete,professora e coordenadora pedagpogica,gostei do material publicado sugerindo dicas de possibilidades de como trabalhar com crianças que possue com deficiencia intelectual.Obrigada! gostaria de ter mais sugestão pois possuo algumas crianças com esta nescessidade.

  13. Gostei de algumas dicas, estou começando agora na sala de AEE- Atendimento Educacional Especializado, estou com alunos de quinto ano que no nível silábico alfabético e outros no nível alfabético, eles gostaria muito de fazer atividades escritas por isto gostaria conhecer alguhnas sugestões.

  14. ESTER APARECIDO JORGE
    PRECISO DE ATIVIDADES PARA UMA MOÇA COM 18 ANOS COM DI QUE QUER APRENDER E ISTO ESTA AFETANDO SEU EMOCIONAL, PRECISO DE SUGESTÕES PARA ALFABETIZAÇÃO.

  15. Olá trabalho com um aluno no 7 ano com retardo mental .Estou com muitas dificudades para adaptar as atividades para ele. O que faço me ajude por favor. Obrigada

    • Oi Vanderlena, é realmente um desafio. Você conhece algum profissional de Terapia Ocupacional que trabalhe com crianças? Ele poderia te ajudar!

  16. AS ATIVIDADES AQUI EXPOSTAS FACILITARAM MT O MEU FAZER PEDAGÓGICO, HAJA VISTA QUE SOU PROFESSORA ALFABETIZADORA E, TENHO DOIS ALUNOS COM DEFICIÊNCIA INTELECTUAL. ESPERO QUE OUTRAS SUGESTÕES SEJAM ACRESCENTADAS.
    OBRIGADA MESMO!

  17. Ola pessoal sou especialista da sala de recursos trabalho com aluno do do ensino fundamental a ensino médio
    Os desafios são grande mais é muito gratificante cada dia você vai observando seu aluno é como uma planta que você cuida com carinho e dedicação, cada dia melhor com os olhinhos brilhando de felicidade por ter conseguido realizar suas tarefas é muito bom, mais você precisa estar sempre atenta com a realidade de cada um,buscando conhecimento pois nos nunca sabemos tudo estamos sempre aprendendo, adorei suas sugestões de atividades muito obrigada .

  18. sou professora de língua portuguesa do 6º ano do ensino fundamental e tenho alguns alunos com défite de aprendizagem ainda não conseguem ler e nen escrever palavras simples .gostaria de sua ajuda para alfabetizar esses alunos sem deixar o conteudo do 6º ano de lado.

    obrigada,
    prof. IRENILDE RIBEIRO QUARESMA

  19. Olá, muito bom mesmo, pesquisando para um trabalho que minha professora da graduação pediu… rs.
    Adivinha o nome da professora? A própria Fabiana Squarazzi!! Amei. bjs

  20. Adoro ver professores interessado em ajudar os seus alunos especiais.
    Sou mãe de um menino com D.I e ouvi da coordenação da escola que meu filho era um desafio para os professores pois como muitos aqui comentaram ele está no 6 ano e estão tendo dificuldade para dar conteúdo adequado à ele.

  21. Estou com dificuldades de avaliar uma aluna do 1º ano ensino Medio com deficiência intelectual. Estou explicando as células. como fazer?

  22. Tenho um filho com deficiência intelectual leve,possui muita dificuldade no aprendizado,frequentou escola especial somente 3 anos.Hoje tem 18anos,ja trabalha e tem um desenvolvimento social lento mais normal.Gostaria de saber o que posso fazer para que ele seja alfabetizado,por onde eu posso começar?Ele conhece e memorizou todas as letras do alfabeto,mais tem muita dificuldades em formar palavras.Pensei em aulas individuais já que ele pouco frequentou escola.Agradeço desde já.

  23. gostei muito, pois estou iniciando meu trabalho no ensino especial, e tenho encontrado um pouco de dificuldade para alfabetizar essas crianças .

  24. olá Ana Leite , sou professora da sala do AEE e preciso de sujestões de atividades para trabalhar com as seguintes deficiencias , autismo, hiperativo , paralisia , cerebral, fisico , mental e intelectual

  25. Olá boa noite meu neto tem 11 anos eu não consegui aprender a ler, a professora faz um bom trabalho com ele mas ele faz os exercícios bem no caderno mais não consegui copiar do quadro e nem consegui ler gostaria de saber sua opinião :obrigada abraço

  26. Lindos todos os trabalhos e com certeza terão excelente resultado, se aplicados no momento certo, que é a alfabetização, mas e quando o aluno passou por tudo isso, ou não e chaga no ensino médio? Esse é o problema que enfrento. Não tenho tantas atividades diferenciadas para aplicar. Se alguém tiver, por favor, procure-me para compartilharmos

  27. Sou professora de sala de recursos e tomei a liberdade de passar os post para professores de sala regular que tem alunos de inclusão. Os posts são ótimos. Abraços.

DEIXE UMA RESPOSTA