A experiência religiosa ativa os circuitos cerebrais de atenção e recompensa

1
804

O circuito de recompensa, um grupo de estruturas neurais do cérebro associada ao desejo, prazer e reforço positivo, não só é ativado com amor, sexo, jogos, drogas ou música, mas também com as experiências religiosas que as pessoas interpretam como espiritual, divina.

Para fazer isso, os pesquisadores selecionaram um grupo de mórmons devotos (7 mulheres e 12 homens), que foram submetidos a uma série de estímulos religiosos. A atividade cerebral foi monitorada por Ressonância Magnética Funcional enquanto realizavam diversas tarefas, tais como a visualização de vídeos sobre sua igreja, escutar citações de vários líderes religiosos, ora, ler as escrituras ou receber outros estímulos audiovisuais. Avaliações detalhadas dos sentimentos expressos pelos participantes durante essa “intensidade espiritual” também foram coletadas: os participantes descreveram sentimentos de paz, calor e até chegavam a chorar de emoção em alguns casos.

Baseados em neuroimagem, os cientistas descobriram que os intensos sentimentos espirituais estavam associados com a ativação do nucleus accumbens, associado ao prazer e ao sistema de recompensa. Além disso, constatou-se que os sentimentos espirituais estão associados com o córtex pré-frontal medial e outras regiões do cérebro associadas com atenção concentrada.

Para acessar o estudo clique aqui: Social Neuroscience

COMPARTILHAR
Editora-chefe do Reab.me. Terapeuta Ocupacional (UFPE). Especialista em Tecnologia Assistiva (UNICAP). Mestre em Design e Ergonomia (UFPE). Consultora em Tecnologia para Reabilitação.

1 COMENTÁRIO

  1. Sou portadora de Esclerose Múltipla e minha terapeuta ocupacional indicou o site. Com certeza a experiência religiosa tem um efeito fantástico, vivo isso há anos e sou exemplo do que significa positivamente…

DEIXE UMA RESPOSTA