5 dicas para tornar o seu consultório mais sustentável!!

1
858
People sorting garbage into recycle bins

Você já percebeu que a palavra sustentabilidade está aparecendo bastante nos jornais, nos congressos e em várias áreas diferentes? Seja você engenheiro, médico ou fisioterapeuta, em algum momento você será cobrado a adotar medidas sustentáveis. Isso é porque nossas atitudes não foram nada bondosas com o meio ambiente nas últimas décadas e a perspectiva da ciência é que se não mudarmos de postura desde já não existirá mais recursos na natureza daqui há aproximadamente 30 anos.

E o que é sustentabilidade? De maneira simples o conceito de sustentabilidade aborda como se deve agir em relação à natureza e ao meio em que se vive, de uma forma que possamos preservá-los para que eles estejam íntegros e saudáveis para nós e para as gerações futuras.

Se trabalhamos promovendo a saúde das pessoas nada mais coerente do que a adoção de atitudes sustentáveis no exercício da nossa profissão. É importante que as clínicas e consultórios adotem a prática dessas atitudes e as transmita de maneira educativa aos seus pacientes, afinal, é saudável ser sustentável.

Separamos aqui algumas dicas para tornar a sua clínica/consultório mais ecológico.

1- Economize papel

O papel está no topo da lista dos itens mais consumidos em consultórios, clínicas em hospitais. Basta pensar na quantidade de papel que ainda é utilizada para compor o prontuário dos pacientes nos espaços não informatizados (que infelizmente ainda são muitos), nos exames impressos e suas cópias feitas para serem arquivadas. Devemos lembrar que a grande quantidade de papel que é consumida no mundo causa graves problemas ambientais, como o desmatamento de florestas para retirada da polpa de madeira de árvores, que provê a celulose, que é a principal matéria-prima do papel.

Uma das formas de economizar esse recurso, é  investir na informatização da clínica/consultório,  disponibilizando prontuários online para que médicos, terapeutas e pacientes tenham acesso a prontuários online. A atitude pode parecer dispendiosa em primeiro momento, porém irá gerar uma economia positiva para a empresa e para o meio ambiente a longo prazo.

2- Faça mudanças na infraestrutura

Se você está pensando em abrir uma clínica/consultório considere construir/comprar/alugar um espaço voltado para o nascente e com janelas, um lugar arejado, dessa forma você poderá economizar o gasto de energia elétrica. Usar a energia elétrica com consciência também é uma forma de proteger o meio ambiente, pois dessa forma você estará preservando um dos nossos recursos naturais mais preciosos: a água. Afinal,  65% da energia elétrica no Brasil vêm das usinas hidrelétricas, que usam justamente esse líquido para movimentar as turbinas. No cenário atual, economizar energia é também poupar água e vice-versa. Isso porque a água que gera eletricidade é de enormes rios que temos espalhados pelo Brasil. Porém, o nível destes reservatórios também não anda tão bom, e o funcionamento das usinas hidrelétricas está ameaçado. Considere também implementar um sistema de captação de energia solar, esse tipo de sistema anda em alta no Brasil, clique aqui se desejar saber mais sobre ele.

3- Deixar disponível copos reutilizáveis

Sempre deixar disponíveis copos reutilizáveis para que cada funcionário adote o seu copo e não precise utilizar vários copos descartáveis por dia. Também deixar acessível copos reutilizáveis para os pacientes, principalmente xícaras para o café.  O copo descartável costuma ser visto como sinônimo de praticidade, mas o impacto do ponto de vista da saúde e do meio ambiente é altíssimo, pois eles são um dos objetos que mais contribuem para o acúmulo de lixo plástico no mundo e ainda liberam substâncias tóxicas quando em contato com o calor.

4- Descarte adequadamente os resíduos

A depender da área de atuação as clínicas e consultórios podem possuir um lixo específico e até mesmo contaminado. Para que tudo isso não vá parar na natureza e contamine os rios e os nossos alimentos, é preciso fazer o descarte adequado. Portanto, os funcionários devem ser instruídos a despejar o lixo em recipientes apropriados e a destiná-los de forma correta. O site eCycle é uma ótima dica sobre como devemos descartar os nossos resíduos, vale a pena sempre dar uma consultada por lá.

5- Realize campanhas educativas socioambientais | Invista em educar seus funcionários e aprender mais sobre sustentabilidade

É preciso que toda a equipe esteja engajada e saiba a importância de estar verdadeiramente comprometido com a economia dos recursos, dessa forma todos sairão ganhando. Ao aprender, os funcionários irão implementar essas medidas naturalmente sem a necessidade de adoção de regras, e irão agir dessa forma não apenas no trabalho, levando as mudanças de hábito para outras esferas da vida.  

A jornada pela economia dos recursos do nosso planeta é longa e não é nada fácil pois ficamos “mal acostumados” com tantas facilidades que os descartáveis e com a praticidade que o “usar e jogar fora” nos trouxe, mas com o acúmulo de lixo seguido do excesso de poluição gerando doenças graves em animais e em nós mesmos tornou-se necessário rever essa postura e é isso que andamos fazendo por aqui pelo Reab e queremos dividir isso com vocês. E você já adota alguma medida sustentável na sua vida profissional ou pessoal? Conta pra gente!

Começamos uma ação chamada #ReabEco que visa conscientizar as pessoas sobre essa temática tão importante! Atividades com materiais reutilizáveis e outras sugestões práticas para ter atitudes de impacto e mostrar que nós nos importamos sim!!

Consultora: Luciana Náira (@recifesemlixo)

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.